Eventos
Jardim dos Modernistas

 

Começa neste dia 15 de fevereiro (terça-feira) na Sociologia e Política a exposição "Jardim dos Modernistas", do cartunista Toni D’Agostinho. A exposição apresenta uma série de caricaturas inéditas em homenagem a 13 artistas modernistas, representantes do movimento.

Na exposição você encontra caricaturas de:

  • Anita Malfatti

Anita Catarina Malfatti (São Paulo, São Paulo, 1889 – idem, 1964). Pintora, desenhista, gravadora, ilustradora e professora. Uma das mais relevantes artistas brasileiras, Anita tem papel determinante na introdução da estética modernista no país. Mais informações aqui.

  • Di Cavalcanti

Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1897 – idem, 1976). Pintor, ilustrador, caricaturista, gravador, muralista, desenhista, jornalista, escritor e cenógrafo. Mais informações aqui.

  • Graça Aranha

José Pereira da Graça Aranha (São Luís, Maranhão, 1868 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1931). Romancista, ensaísta, dramaturgo e diplomata. No ambiente doméstico da infância, realiza grande parte de seus estudos e presencia o trabalho do pai, que em casa mantém a redação e a tipografia do jornal O País. Mais informações aqui.

  • Guiomar Novaes

Guiomar Novaes nasceu em 28 de fevereiro de 1894 na pequena cidade de São João da Boa Vista, em São Paulo, e morreu em São Paulo em 7 de março de 1979.  Foram 85 anos muito bem vividos e com uma sólida carreira construída no Brasil e no exterior. Considerada uma verdadeira menina-prodígio, ela começou a tocar piano, de ouvido, aos quatro anos de idade. Mais informações aqui.

  • Manuel Bandeira

Manuel Carneiro de Souza Bandeira Filho (Recife PE 1886 - Rio de Janeiro RJ 1968). Poeta, cronista, ensaísta, tradutor e professor, filho do engenheiro Manuel Carneiro de Souza Bandeira e Francelina Ribeiro de Souza Bandeira. Mais informações aqui.

  • Mário de Andrade

Mário Raul de Moraes Andrade (São Paulo, São Paulo, 1893 - São Paulo, São Paulo, 1945). Poeta, cronista e romancista, crítico de literatura e de arte, musicólogo e pesquisador do folclore brasileiro, fotógrafo. Mais informações aqui.

  • Menotti Del Picchia 

Paulo Menotti del Picchia (São Paulo, São Paulo, 1892 - idem 1988). Poeta, contista, romancista, cronista, ensaísta, jornalista, autor de histórias infantis e político. Mais informações aqui.

  • Oswald de Andrade

 José Oswald de Sousa Andrade (São Paulo, São Paulo, 1890 - idem 1954). Romancista, poeta, dramaturgo, ensaísta e jornalista. Mais informações aqui.

  • Rubens Borba de Moraes

Rubens Borba de Moraes (Araraquara SP 1899 - São Paulo SP 1986). Bibliófilo, bibliógrafo, bibliotecário e ensaísta. Faz sua graduação em letras na Universidade de Genebra, concluída em 1919. De volta ao Brasil, é um dos organizadores da Semana de Arte Moderna de 1922, mas acaba não participando do evento por estar doente nos dias sua realização. Mais informações aqui.

  • Sérgio Milliet

Sérgio Milliet da Costa e Silva (São Paulo SP 1898 - idem 1966). Escritor, crítico de arte, sociólogo, professor, tradutor, pintor. Faz os estudos primários e secundários em São Paulo. Em 1912, vai para a Suíça. Em Genebra, inicia o curso de ciências econômicas e sociais, completando-o em Berna. Mais informações aqui

  • Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral (Capivari, São Paulo, 1886 – São Paulo, São Paulo, 1973). Pintora e desenhista. Influenciada por vanguardas europeias, especialmente pelo cubismo, cria um estilo próprio, explorando formas, temáticas e cores na busca por uma pintura de caráter tipicamente brasileiro. Mais informações aqui.

  • Victor Brecheret 

Vittorio Brecheret (Farnese, Itália, 18941 – São Paulo, Brasil, 1955). Escultor. O artista é um dos precursores do movimento modernista brasileiro nas artes. Sua obra é marcada pela busca incessante de diferentes técnicas da escultura, do mármore à terracota, e de temas relevantes da cultura nacional. Mais informações aqui.

  • Villa-Lobos

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) foi um maestro e compositor brasileiro, considerado um expoente da música erudita no Brasil. Suas peças são executadas no circuito dos mais prestigiados teatros europeus e americanos. Mais informações aqui.

 

Fontes:

ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileira. São Paulo: Itaú Cultural, 2022. Disponível em: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/. Acesso em: 09 de fevereiro de 2022. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7

Música e Músicos do Brasil. Conheça a trajetória artística de Guiomar Novaes. Brasil: Rádio EBC, 2018. Disponível em: https://radios.ebc.com.br/musica-e-musicos-do-brasil/2018/11/conheca-trajetoria-artistica-de-guiomar-novaes-no-musica-e. Acesso em: 09 de fevereiro de 2022.

E-Biografia. Heitor Villa-Lobos. 2022. Disponível em: https://www.ebiografia.com/heitor_villa_lobos/. Acesso em: 09 de fevereiro de 2022.

Galeria de Imagens
Últimos Eventos
Vila Buarque para Todos
Quotidianum Prorrogado! Exposição vai até o dia 9 de julho